Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > “Cidade” abre debate sobre artes cênicas
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

“Cidade” abre debate sobre artes cênicas

  • Publicado: Terça, 21 de Junho de 2016, 13h13
  • Última atualização em Terça, 21 de Junho de 2016, 15h58
  • Acessos: 1330
imagem sem descrição.

 

Com o objetivo de incentivar a reflexão critica sobre a linguagem cênica, será realizado nesta quarta-feira, 22, a segunda edição do projeto “Cidade - Circulo de Debates em Arte da Cena”, uma iniciativa da Fundação Cultural do Pará, por meio da coordenadoria de Linguagem Corporal. A idéia é reunir artistas profissionais e estudantes de Belém e região metropolitana que desejem se dedicar a produção e aprofundamento do conhecimento acerca do saber e do fazer cênico.

Segundo Keyla Sodrach, técnica em gestão cultural na área de cênicas e responsável pelo projeto, o debate surgiu da necessidade de proporcionar aos artistas um espaço de diálogo sobre a prática cênica, de modo que as discussões possam acrescentar novas perspectivas teatrais, poéticas, criadoras e influentes. “Uma oportunidade de questionar a respeito do fazer cênico em nossa cidade, contribuindo de forma ímpar, na construção da cena na contemporaneidade”, ressalta. 

Serviço

Cidade– Círculo de debate em Artes da Cena

Dia 22 de junho (quarta-feira) às 18h

Casa das Artes/Sala de Dança

 

O evento pretende alcançar um número expressivo de artistas e profissionais da arte da cena e, a partir daí, elaborar um caderno com os artigos relacionados às propostas e temas debatidos durante o encontro, os textos utilizados, as contribuições dos artistas participantes e registro audiovisual do projeto. “O projeto Cidade é feito de forma colaborativa, ou seja, todos os participantes podem, e devem, propor temas para serem debatidos, sugerir artistas e grupos para serem convidados e outras sugestões que se adequem a proposta do Círculo”, explica Sodrach.

A primeira edição do projeto foi realizada no mês de maio, na Casa das Artes. O mediador do evento foi o jornalista, crítico e diretor teatral, Kil Abreu e como convidados ao debate Mayrla Andrade, Lú Maúes, Jonny Russel e Marina Trindade. Nesta edição participam Paulo Ricardo (mediador), Miguel Santa Brígida e Professor Henrique da Paz.

O encontro se repete nos meses de setembro, outubro e novembro, onde serão abordados os temas “Políticas públicas para as Artes Cênicas”, “Dramaturgias da Cena” e a “Arte Cênica e tantas Linguagens”.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página