Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Casa das Artes recebe evento voltado para as narrativas amazônicas
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Casa das Artes recebe evento voltado para as narrativas amazônicas

  • Publicado: Quarta, 29 de Janeiro de 2020, 15h49
  • Última atualização em Quarta, 29 de Janeiro de 2020, 15h49
  • Acessos: 340
imagem sem descrição.

A Casa das Artes recebe nesta quarta (29), às 17h, o evento "Maré de Lance". A programação tem entrada franca e é realizada pela Na Cuia Produtora Cultural e pelo Imaginário nas Formas Narrativas Orais Populares da Amazônia Paraense - IFNOPAP, projeto de extensão da Universidade Federal do Pará (UFPA).

O nome “Maré de Lance” faz alusão ao rio em sua maré mais alta. O projeto realizará oficinas, rodas de conversa, mesas, entre outras ações relacionadas aos temas que a Na Cuia e o IFNOPAP trabalharam ao longo dos anos. Juntando forças e objetivos, a volumosa água de nos rios vai levar em sua maré de lance diversas ações para Belém.

Este evento será a primeira ação do Maré de Lance, que contará com a exposição "Às águas que nos trouxeram até aqui: 25 anos IFNOPAP e 5 anos Na Cuia" celebrando as trajetórias de cada iniciativa; lançamento do podcast “Conto Ribeirinho”, que traz narrativas sobre o imaginário amazônico, a partir dos áudios originais do acervo do IFNOPAP; exibição do documentário “IFNOPAP: Uma nascente de histórias”, que reconta a história do início do projeto; apresentação do calendário de ações 2020 e o lançamento nas plataformas de streaming do primeiro álbum do grupo Carimbó Cobra Venenosa, que encerrará o evento com seu show de repertório.

O projeto Maré de Lance representa uma nova fase para o IFNOPAP, que deste ano em diante conta com a coordenação executiva da Na Cuia Produtora Cultural, e a partir de agora ampliará sua atuação para as escolas públicas e comunidades da região metropolitana de Belém.

 

Sobre o Projeto Integrado IFNOPAP - Idealizado pela Prof.ª Dr.ª Socorro Simões, o Projeto Imaginário nas Formas Narrativas Orais Populares da Amazônia Paraense (IFNOPAP) completou 25 anos, em 2019. O projeto é um dos mais antigos da Universidade Federal do Pará e representa uma conquista da instituição para a catalogação das narrativas amazônicas que cercam o imaginário dos arquipélagos e dos municípios, registrados por meio do programa Campus Flutuante. São mais de 5 mil narrativas orais coletadas e cerca de 20 livros publicados, que garantem um acervo rico para os pesquisadores de áreas diversas, que pretendem compreender a amazônia paraense em sua sensibilidade e imagética.

Atualmente o projeto integrado IFNOPAP está sob coordenação da Na Cuia Produtora Cultural, que vem para inovar as formas de contar e propagar essas narrativas. A produtora está como articuladora de projetos futuros dentro e fora da universidade.

 

Sobre a Na Cuia Produtora Cultural - Idealizada por estudantes do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará (Facom/UFPA), a Na Cuia tem 5 anos de trajetória na área da comunicação e da cultura. Começou como uma revista cultural on line, que realizou 14 edições. Com o intuito de explorar novas possibilidades para além da publicação online, ela deixou de ser apenas uma revista e passou a seguir por novos caminhos, como uma Produtora Cultural. Hoje, gerida por jornalistas e formandos em jornalismo, publicidade e propaganda e secretariado executivo trilíngue, compartilhamos histórias, conhecimentos, arte e cultura, utilizando-as como contra narrativas aos discursos de ódio ligados principalmente a população negra, a comunidade LGBTI+ e em defesa da Amazônia e suas ancestralidades.

Serviço

Abertura do Projeto “Maré de Lance”:

Exposição "Às águas que nos trouxeram até aqui: 25 anos IFNOPAP e 5 anos Na Cuia"

Lançamento do podcast “Conto Ribeirinho”

Exibição do documentário “IFNOPAP: Uma nascente de histórias”

Apresentação do calendário de ações 2020

Lançamento CD Carimbó Cobra Venenosa nas plataformas de streaming + Show de repertório do grupo.

Horário: a partir das 17h

Local: Casa das Artes - Praça Justo Chermont, 236 – Nazaré.

Entrada gratuita

registrado em:
Fim do conteúdo da página