Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Exposição Imaginário Naïf pode ser visitada até esta sexta na Galeria Theodoro Braga
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Exposição Imaginário Naïf pode ser visitada até esta sexta na Galeria Theodoro Braga

  • Publicado: Quinta, 27 de Junho de 2019, 17h00
  • Última atualização em Quinta, 27 de Junho de 2019, 17h02
  • Acessos: 425
Obra sem título, de Alfredo Volpi
imagem sem descrição.

Sexta (28) é o último dia para conferir a exposição coletiva “Imaginário Naïf”. Realizada pela Fundação Cultural do Pará por meio da Galeria Theodoro Braga, a mostra reúne obras de 14 artistas, além de contar também com peças de criação coletiva. A curadoria foi montada a partir dos acervos da Galeria Theodoro Braga e do Núcleo de Oficinas Curro Velho, e pode ser visitada das 9h às 19h. A entrada é franca.
A exposição foi intitulada “Naïf” – palavra francesa que significa “ingênuo” e que delimita o tipo de critério utilizado na seleção das obras. Os artistas naïf não têm treinamento técnico, é um tipo de expressão artística empírica. “Os cânones acadêmicos do desenho e da pintura - como perspectiva, proporção e sombra e luz - não são imprescindíveis. Não é que não haja técnica, é uma técnica que o artista cria. O artista é muito mais livre ”, explica Renato Torres, técnico em gestão cultural da FCP.


Volpi, uma grata surpresa – Ao fazer o levantamento das obras disponíveis no acervo do Núcleo de Oficinas Curro Velho, os técnicos da GTB tiveram uma alegria inesperada: encontraram uma obra original de Alfredo Volpi, pintor ítalo-brasileiro considerado pela crítica um dos artistas mais importantes da segunda geração do modernismo. Volpi está presente na mostra com uma obra sem título, que traz suas célebres bandeirinhas – marca registrada de sua produção artística.
Os artistas que fazem parte dessa coletiva são Mestre Nato, Luiz dos Anjos, Carla Beltrão, Maria Christina, Ligia Simonian, Marcelo Lobato, Ana Paula de Oliveira, Maiah, Tamara Saré, Jair Jr, Jorge Luiz Margalho Matos, Marília e Maria José Batista, além de Alfredo Volpi, artista de renome nacional. As peças do acervo passaram por limpeza, manutenção e restauração durante oficina que está sendo ministrada no mês de junho na GTB, ministrada pelo artista Marcelo Lobato.

Serviço:
Exposição Imaginário Naïf
Horário de visitação: de 19 a 28 de junho, das 9h às 19h
Galeria Theodoro Braga – subsolo da Fundação Cultural do Pará – Av. Gentil Bittencourt, 650
Entrada franca

 

-

Imagem da página principal: Obra "Estandarte", de Carla Beltrão

registrado em:
Fim do conteúdo da página