Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Fundação Cultural do Pará e Baiacool Jazz Festival iniciam inscrições para oficinas de música  
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Fundação Cultural do Pará e Baiacool Jazz Festival iniciam inscrições para oficinas de música  

  • Publicado: Quarta, 13 de Maio de 2015, 11h44
  • Última atualização em Sexta, 25 de Dezembro de 2015, 04h06
  • Acessos: 1316

A Fundação Cultural do Pará mais uma vez é parceira do Baiacool Jazz Festival, o primeiro festival de jazz do Norte do país, que já está na 12ª edição. Além das apresentações musicais, o evento conta com uma etapa de formação, que começa no próximo dia 18. As inscrições para participar da programação educativa de oficinas e workshops estão abertas até sexta-feira, 15. Elas são gratuitas e podem ser feitas no site www.fcp.pa.gov.br, no link do Baiacool Jazz.

“A etapa educativa do Baiacool surgiu com a proposta de impulsionar a criação musical, a profissionalização dos instrumentistas, a formação de platéia e, acima de tudo, a disseminação do conhecimento musical e artístico existente no mundo contemporâneo. O Festival prevê uma semana de investimento na formação dos jovens músicos através de cursos, workshops e discussões”, explica a produtora do evento, Paula Medeiros.

Este ano o festival vai contar com profissionais de peso, como Arismar do Espírito Santo e François Morin, além dos também consagrados Felipe Oliveira, Stefano Manfrin, Debora Gurgel. Arismar é um nome consagrado no meio musical, referência em vários instrumentos, como contrabaixo, guitarra, violão, piano e bateria. Já François Morin é um baterista e compositor francês que participou de importantes festivais de jazz internacionais como o Strasbourg Jazz Festival, Natt Jazz Festival e fez turnês em países com Senegal, Mauritânia e Cabo Verde.

Felipe Oliveira é paraense, contrabaixista e professor de música. Bacharel em educação musical e contrabaixo jazz pela Universidade de Música de Graz, na Áustria, apresentou-se em países como Áustria, Alemanha e Itália. Stefano Manfrin é italiano, saxofonista, professor de música e graduado pela Universität für Musik und Darstellen de Kunst, em Graz na Áustria. Em 2013, parte para o Brasil, onde foi professor por um ano no Conservatório de música Carlos Gomes.

Débora Gurgel é pianista, flautista, compositora e arranjadora. Foi professora no CLAM (escola fundada pelo Zimbo Trio) durante 11 anos e é autora de vários métodos direcionados à linguagem da música popular brasileira.

Oficinas & workshops

Sensibilização Musical Infantil (5 a 10 anos) – 18 e 19/05, de 15h às 17h, no Teatro do Curro Velho, com Felipe Oliveira. 20 vagas. Inscrições no Curro Velho.

Sensibilização e Apreciação do Jazz e sua História – 20/05, de 15h às 17h, na Sala de Ensaio Guilherme Coutinho, com Felipe Oliveira e Stefano Manfrin. 30 vagas (voltada para estudantes de música e músicos).

registrado em:
Fim do conteúdo da página