Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Casa das Artes exibe documentário sobre realidade do ensino médio do Brasil
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Casa das Artes exibe documentário sobre realidade do ensino médio do Brasil

  • Publicado: Quinta, 13 de Setembro de 2018, 17h25
  • Última atualização em Quinta, 13 de Setembro de 2018, 17h25
  • Acessos: 26
imagem sem descrição.

O documentário “Nunca Me Sonharam”, longa-metragem de Cacau Rhoden, estreia na próxima segunda, 17, às 19h, no Cine Clube Alexandrino Moreira, na Casa das Artes. A película expõe os desafios do momento, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do ensino médio nas escolas públicas brasileiras. A entrada é franca.

O filme retrata diversas histórias de estudantes que tiveram de abandonar seus estudos para trabalhar, que deixaram as salas de aula por sentirem que não estavam conseguindo acompanhar o desenvolvimento dos outros colegas ou que simplesmente não entendem como o que eles aprendem na escola pode se tornar útil para a sua vida e seu futuro.

Duas realidades estão colocadas no filme: por um lado a lei brasileira garante a educação no Brasil - pois o artigo 205 da Constituição Federal diz que a educação é um direito de todos e um dever do Estado e da família - e por outro lado a realidade não é essa - já que segundo pesquisa do IBGE de 2015, 82% das crianças e jovens de até 19 anos frequentam escola pública, e 1,6 milhão de adolescentes de 15 a 17 anos estão fora das salas de aula.

E é nesse contexto que o documentário se propõe a traçar um panorama sobre o ensino médio nas escolas públicas do país, com diferentes pontos de vista, principalmente a partir dos estudantes, através de relatos de jovens, professores, diretores de escolas e especialistas. O objetivo é mostrar o valor da educação, os desafios do presente, as expectativas para com o futuro e os sonhos daqueles que vivem essa realidade.

Serviço: O filme “Nunca Me Sonharam” será exibido na próxima segunda, 17, às 19h, na Casa das Artes, que fica na Praça Justo Chermont, 236. Entrada franca.

registrado em:
Fim do conteúdo da página