Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Fundação Cultural do Pará segue programação junina com Pássaro, Quadrilha e Grupos Parafolclóricos
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Fundação Cultural do Pará segue programação junina com Pássaro, Quadrilha e Grupos Parafolclóricos

  • Publicado: Segunda, 22 de Junho de 2015, 11h37
  • Última atualização em Sexta, 25 de Dezembro de 2015, 04h14
  • Acessos: 1815

 

A Praça do Povo da Fundação Cultural do Pará ficou pequena neste sábado, 20, para tanta gente que saiu dos quatro cantos da Região Metropolitana de Belém pra ver a programação junina que a Fundação vem promovendo desde o dia 9 de Junho e que segue até o dia 28. Neste sábado, além do concurso de quadrilhas que reúne 160 agremiações de 26 municípios, juntaram-se aos festejos Pássaros Juninos e grupos Parafolclóricos.

O Teatro Margarida Schivasappa foi o local escolhido para abrigar a mostra de Pássaros Juninos, que iniciaram suas apresentações às 18h com o “Cordão de Pássaro Junino Pequeno Guará”, do bairro do Jurunas, que seguiu com o “Cordão de Bicho Oncinha”, do distrito de Icoaraci e finalizou com o “Grupo Junino Tem-Tem”, do bairro do Guamá.

Com seus figurinos exuberantes e movimentos compassados, os cordões de pássaro encheram o teatro de cor e brilho, hipnotizando a plateia que entrava sem parar no recinto. “Trouxe minhas filhas para assistir as quadrilhas e no intervalo entre uma e outra fiz questão de trazê-las aqui no teatro. Elas nunca tinham visto, ficaram totalmente encantadas”, conta Karla Soares, servidora pública que levou a família pelo segundo final de semana seguido para acompanhar os festejos juninos na Fundação.

E mais uma vez quadrilhas mirins e adultas, da capital e do interior, lotaram as arquibancadas e as áreas adjacentes à arena montada para receber as apresentações dos grupos. Sábado foi dia de “Revelação Junina”, de Abaetetuba; e “Explosão Junina”, direto de Soure, ambas mirins. Logo após foi a vez das quadrilhas adultas, que se apresentaram nessa ordem: “Sedução Cabocla”, do bairro do Tapanã (Belém); “Sabor Açaí”, do bairro do Barreiro (Belém); “Roceiros do Milharal”, do município de Limoeiro do Ajuru, no nordeste do estado; “Alegria do Povo”, do bairro do Umarizal (Belém) e, finalizando, “Amor de São João”, de Soure, na Ilha do Marajó.

Além disso, num terceiro palco, montado próximo à Praça de Alimentação, grupos parafolclóricos se apresentavam desde as 19h, levando boa música e muito ritmo a quem transitava por essa parte da Praça do Povo.

Além dessa vasta programação, uma grande Praça de Alimentação, com tudo de bom que a quadra junina pode oferecer, foi montada no mesmo espaço. Ação muito apreciada pela dona Rosário e seu Carlos Arruda, casal septuagenário que dançava discretamente ao lado do palco onde se apresentavam os grupos parafolclóricos. “Isso é muito bom, todo ano eu trago minha esposa pra gente dançar um forró. É tão bom ver a juventude dançando, se divertindo. As crianças também adoram, quando meus netos estão em Belém sempre trago”, conta o bancário aposentado e frequentador assíduo do Arraial.

O Arraial de Todos os Santos é uma ação da Fundação Cultural do Pará que conta com a parceria do Corpo de Bombeiros, Secretaria de Estado de Saúde e Polícia Militar do Estado do Pará.

Serviço:
A programação junina da Fundação Cultural do Pará segue até o dia 28 de Junho, na sede da instituição, na Av. Gentil Bittencourt, 650. Mais informações em www.fcp.pa.gov.br 

registrado em:
Fim do conteúdo da página