Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Feira da Beira reúne diversas linguagens artísticas em Belém
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Feira da Beira reúne diversas linguagens artísticas em Belém

  • Publicado: Terça, 30 de Agosto de 2016, 14h47
  • Última atualização em Terça, 30 de Agosto de 2016, 14h47
  • Acessos: 667
imagem sem descrição.

O cenário é a Baía do Guajará e as energias da Lua Nova vão receber o público que vai participar da Feira da Beira nesta sexta-feira, 2 de setembro, a partir das 17h. A “Feira da Beira”, tradicional programação promovida pela Fundação Cultural do Pará (FCP), por meio das Oficinas Curro Velho, é realizada desde o início da década de 1990, promovendo continuamente a mostra dos resultados de trabalhos produzidos nas Oficinas Curro Velho e de produções culturais independentes. “Uma atmosfera de convívio, troca de ideias, valores, expressão e representação estética do acontecimento em arte”, ressalta o diretor de Interação Cultural da FCP, Walter Figueiredo.

A programação começa às 17h com a Mostra das Oficinas de violão, teclado e canto popular. Na sequência, o público vai conhecer um pouco das vivências de Carimbó dentro do espaço Curro Velho. Em todo o prédio será possível conferir a Exposição de Artes Visuais, com o resultado das Oficinas Curro Velho, além da tão esperada feirinha de produtos artístico-culturais.

Nas artes cênicas, a programação apresenta “Os 7 desafios de João”, espetáculo de iniciação artística encenado pelos participantes das oficinas de teatro. Na mesma linguagem, o Projeto Camapu exibe a peça “Borbô, o Espetáculo da Transformação”, teatro de marionetes que aborda o tema da mutação natural, da transformação da lagarta em borboleta.

Na música, o show do projeto Pará-Caribe e Quarteto K-Ximbinho, vai expor o resultado dos laboratórios de criação musical. O projeto consiste na troca de experiência com os ritmos paraenses e caribenhos, onde se tem o foco na criação, criatividade e em um fazer musical intenso. O trabalho foca num repertório autoral e oferece aprendizado em contrabaixo, banjo, instrumentos de sopro, percussão e canto, destinado a músicos profissionais e estudantes de música.

Um dos momentos mais esperados do evento é o Desfile de Figurinos - Design e Estampa com Técnica de Gravura em Tecido “Estética da Sedução”, que vai apresentar os trabalhos desenvolvidos durante as oficinas de gravura em tecido, ministradas pela artista e professora Carla Beltrão.

CD

Ainda na programação musical a Feira será o palco do Pré-Lançamento do CD Nego Jó e banda “E Aí Negão?”, um momento especial onde o público vai conhecer um pouco do balanço e do swing dessa banda autoral que traz “letras simples em melodias dançantes”, como detalha o próprio artista.  “É um trabalho pop, com muito reggae, rock, ska e black music. É para quem gosta de dançar”, diz Nego Jó. A banda é forma por Thiago Belém (bateria); Augusto “Babu” Castro (baixo) e Nego Jó (teclado e trombone).

Sobre o projeto Feira da Beira, Nego Jó, que já foi instrutor de teclado nas oficinas Curro Velho, diz que o momento é uma oportunidade para a comunidade do entorno, menos favorecida pelas programações culturais da cidade, conhecer um pouco do que é a produção cultural do Curro Velho. “É um momento de miscigenação cultural e integração das artes que fazem esse circuito”, diz.

Música caribenha, carimbó, guitarrada, merengue, lambada e um pouco de MPB. É o projeto Pedrinho Callado e Coletivo Carimbada, que encerra a noite, reunindo diversos artistas de expressão regional. “São ritmos que traduzem a cultura paraense, numa verdadeira 'policromia musical'. E tem tudo a ver com a Feira da Beira, um projeto que congrega várias possibilidades, de expressão da identidade, linguagem artística e economia da cultura. A Feira agrega e expande. O público que vai pelo artesanato, conhece a música e vice-versa”, destaca  Pedrinho Callado.

Programação

17h – Mostra das Oficinas de Violão, Canto Popular e Teclado
18h – Resultado de Vivências de Carimbó
18h30 – Os 7 Desafios de João – EspetáculoTeatral de Iniciação Artística
18h30 – Estética da Sedução - Desfile de Figurinos. Design e Estampa com Técnica de Gravura em Tecido
19h – Show Pará-Caribe e o Quarteto K-Ximbinho. Resultado dos laboratórios de criação musical
20h - Borbô, o Espetáculo da Transformação – Teatro de Marionetes – Projeto Camapu
21h30 – Pré-Lançamento do CD Nego Jó e Banda E Aí Negão?
22h30 - Show de Pedrinho Callado e Coletivo Carimbada
Entrada Franca

registrado em:
Fim do conteúdo da página