Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Biblioteca Arthur Vianna realiza programação infantil especial do Dia do Folclore
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Biblioteca Arthur Vianna realiza programação infantil especial do Dia do Folclore

  • Publicado: Segunda, 22 de Agosto de 2016, 17h56
  • Última atualização em Segunda, 22 de Agosto de 2016, 18h02
  • Acessos: 476
imagem sem descrição.

Nesta terça e quarta-feira, dias 23 e 24 de agosto, das 9h às 11h30, a Fundação Cultural do Pará, por meio da Biblioteca Pública Arthur Vianna, realiza uma programação infantil especial em alusão ao Dia do Folclore, comemorado no dia 22 de agosto. A atividade, que terá o tema “Nos Encantos do Imaginário Amazônico” é gratuita e destinada a crianças de 6 a 12 anos.

Com teatro de marionetes, espaço de leitura e a apresentação dos grupos Movimento Contarte Amazônia e o Coletivo Sigma em Arte, com os espetáculos “Conto Que Eu Conto Amazônia” e “Ópera da Amazônia”, as crianças terão a oportunidade de ter acesso a todo o acervo sobre o tema que a Biblioteca Arthur Vianna disponibiliza, além de mergulhar no imaginário das lendas amazônicas, como uma iniciativa da biblioteca de proporcionar a valorização da nossa região através das atividades propostas.

“Vamos abordar as lendas com diversos grupos e atividades, justamente para que essas crianças tenham mais contato com essa linguagem, para valorizar a nossa região, todo trabalho que fazemos na biblioteca e também o acervo disponível para os usuários”, conta a coordenadora da Biblioteca Pública Arthur Vianna, Ruth Selma dos Santos.

Fruto da vontade de mostrar a Amazônia por meio da contação teatralizada de lendas da região para diversos públicos, especialmente crianças, o espetáculo “Conto Que Eu Conto Amazônia”, do Movimento Contarte Amazônia, é baseado em duas lendas: Cobra Norato e Rio Xingu e Amazonas, interpretado pelos artistas Glenda Fernandes e Josué Castilho, idealizadores do grupo. Entre as cenas, se mesclam temas do cotidiano regional atual, sem esquecer o repertório original das histórias.

“Fazem parte do cotidiano amazônico todas essas lendas que se dão em um contexto interiorano, então a ideia do nosso espetáculo é trazer essas lendas pro nosso contexto, urbano, mas sem perder o seu contexto original. Além de adaptar essas lendas, nós damos vida a mais de 10 personagens diferentes na peça. É um espetáculo que além de agradar as crianças, deve agradar também os pais que estarão presentes, principalmente pela trilha sonora”, registra Glenda Fernandes, criadora do Movimento Contarte Amazônia.

Serviço: Programação especial infantil do dia do Folclore. Nos dias 23 e 24 de agosto, na Biblioteca Pública Arthur Vianna, das 9h às 11h30. Entrada franca.

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página