Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Oficina de criação narrativa é destaque na segunda fase da Colônia de Férias da Biblioteca Arthur Vianna
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Oficina de criação narrativa é destaque na segunda fase da Colônia de Férias da Biblioteca Arthur Vianna

  • Publicado: Terça, 12 de Julho de 2016, 14h54
  • Última atualização em Terça, 12 de Julho de 2016, 14h54
  • Acessos: 691
imagem sem descrição.

A Fundação Cultural do Pará deu início à segunda parte da Colônia de Férias da Biblioteca Pública Arthur Vianna nesta terça-feira, 12, com a oficina “Os fios da meada na construção narrativa”, da arte educadora Ana Cláudia Bastos. Na programação, as crianças participaram também de oficinas de confecção de jogos e fantoches de feltro, brincadeiras e jogos lúdicos, além de assistirem curtas de animação no Cine Líbero Luxardo.

Segundo Ana Cláudia Bastos, a oficina de criação narrativa estimula a leitura e tem como principal objetivo aguçar a criatividade da criançada através de livros, imagens, desenhos e produção textual. “A partir de algum elemento disparador da leitura começamos a fazer uma criação coletiva de narrativas com a criação de personagens. A partir desse estímulo, fazemos uma criação coletiva de textos literários”, ressalta Ana Cláudia Bastos. 

Serviço: A Colônia de Férias da Biblioteca Pública Arthur Vianna segue com sua programação nos dias 13 e 14 de julho, no andar térreo da Fundação Cultural do Pará das 9h às 11h30.

Lançamento do livro “Família de Todo Jeito”, dia 14 de julho às 11h30, no andar térreo da FCP.

 

Renan Gustavo, de 11 anos, adora histórias de aventura, sempre teve o hábito da leitura e da escrita. Renan foi uma das crianças que

entrou na segunda fase da Colônia de Férias e aprovou a oficina de criação narrativa. “Achei muito boa porque todos nós descobrimos e aprendemos coisas que não conhecíamos antes. Hoje escrevemos uma história com desenhos, ideias e escrituras”, comenta Renan. 

A mãe de Renan, Rafaela Silva, avalia positivamente a atividade proposta. “É um trabalho fundamental para o crescimento da criança porque aqui é outro mundo. A Fundação Cultural do Pará incentiva muito a arte, a cultura e a leitura. Esses valores têm se perdido com a própria correria diária”, comenta Rafaela Silva.

Ainda na programação, no dia 14 de julho, haverá o lançamento do livro “Família de Todo Jeito” escrito também pela Ana Cláudia Bastos. Segundo a autora, livro infantil aborda as diferentes configurações familiares da atualidade. 

 

registrado em:
Fim do conteúdo da página