Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > FCP leva Expedição Literária ao Baixo Tocantins
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

FCP leva Expedição Literária ao Baixo Tocantins

  • Publicado: Quarta, 03 de Julho de 2019, 16h49
  • Última atualização em Quarta, 03 de Julho de 2019, 18h20
  • Acessos: 296
imagem sem descrição.

A região paraense do Baixo Tocantins recebe na próxima semana o projeto Expedição Literária, iniciativa do Governo do Estado por meio da Fundação Cultural do Pará. O evento, que está em sua segunda edição, visitará os municípios de Cametá, nos dias 07 e 08 de julho, e Oeiras do Pará, nos dias 10 e 11 de julho.

Gerida pela Diretoria de Leitura e Informação da FCP, a realização consiste em um circuito de formação e fomento, pautado na qualificação de agentes multiplicadores para atuarem nas áreas da leitura e da promoção cultural. Com este fim, leva às cidades participantes, em parceria com suas prefeituras, atividades como workshops de promoção da leitura e capacitação em escrita literária, bate-papo com escritores e exposições. Também integram a agenda a Biblioteca Itinerante da FCP - conduzindo contação de histórias, aulas de pintura, grafite e reciclagem - e o Cine Líbero Luxardo Itinerante, que exibirá filmes de curta-metragem. Para coroar a programação, músicos e escritores se apresentam em um Sarau Lítero-Musical. Esta edição reunirá literatos locais, artistas e profissionais das regiões contempladas, além da equipe técnica da Fundação. 

O diretor de leitura e informação da FCP Guilherme Relvas destaca a troca de conhecimento como um importante ponto do processo de interiorização da gestão. “O objetivo é oportunizar a interação entre os públicos interessados nos debates e ações realizadas nestes municípios, promovendo livro, leitura e literatura paraenses - da mesma forma que visa a fomentar atividades culturais e difundir os talentos do nosso estado”. A Expedição Literária ocorreu pela primeira vez em abril deste ano, passando por Parauapebas e Redenção. Desde a estreia, vem sendo pensada pela FCP para apresentar edições bimestrais, beneficiando diferentes polos e regiões de integração do estado. Na edição piloto do projeto, que viajou às regiões do Araguaia e de Carajás, participaram da grade poetas, escritores, artistas e educadores que atuam nas proximidades.

 
registrado em:
Fim do conteúdo da página