Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Cine Líbero Luxardo discute arte e política no documentário “Guarnieri”
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cine Líbero Luxardo discute arte e política no documentário “Guarnieri”

  • Publicado: Segunda, 09 de Julho de 2018, 15h16
  • Última atualização em Segunda, 09 de Julho de 2018, 15h16
  • Acessos: 238
imagem sem descrição.

A partir desta quinta-feira, 12, às 16h, o documentário “Guarnieri”, de Francisco Guarnieri, será exibido nas sessões regulares do Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará (FCP). A produção traz uma narrativa sobre a vida do artista Gianfrancesco Guarnieri (1934-2006), dirigido por seu neto, discutindo sua relação entre a política e como revolucionou o teatro nacional.

"Guarnieri" é um documentário que pretende partir da vida, obra e memória de Gianfrancesco Guarnieri para investigar percursos da dramaturgia e da política brasileiras nas últimas décadas. Guarnieri, além de figura fundamental da arte brasileira na segunda metade do século XX, é também imagem-síntese do artista engajado. Porém, seus filhos atores, escolheram por distanciar arte, trabalho e política em suas vidas. Agora, seu neto e diretor Francisco busca compreender o lugar de sua geração na história, nas artes e no mundo.

Além de ter sido um grande ator na televisão, Gianfrancesco foi um artista que refletia em suas artes as preocupações dos problemas sociais que o rondavam. O documentário apresenta diversas fases de Guarnieri no teatro e televisão, que acompanham a trajetória de grandes eventos sociais que ficaram marcados na história brasileira.

A composição da obra foi feita com imagens de entrevistas feitas pelo artista e com gravações de seus trabalhos como ator. Também há falas de seus filhos, Paulo e Flávio, que seguiram a mesma carreira artística do pai. Francisco fez o documentário como método de suprir a ausência de seu avô em sua vida quando ainda estava vivo. É sempre ressaltada a importância de Guarnieri para a arte nacional, seus discursos conscientes sobre política.

Gianfrancesco, conhecido pela geração atual por seu trabalho em “Mundo da Lua”, tem várias facetas de sua vida mostradas no documentário “Guarnieri”, abrindo discussões sobre arte e política, as quais o artista afirma terem ligação íntima. A produção estará nas sessões regulares do Cine Líbero Luxardo, localizado no Centur, a partir do dia 12.

Sessões Regulares

“Guarnieri”, de Francisco Guarnieri (Brasil, 70 min, 14 anos)
Local: Cine Líbero Luxardo do Centur
Data: 12, 13, 15, 17, 18 de julho
Hora: 16h
Preço: Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

registrado em:
Fim do conteúdo da página