Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Boi de Máscaras é tema de exposição na Galeria Benedito Nunes
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Boi de Máscaras é tema de exposição na Galeria Benedito Nunes

  • Publicado: Segunda, 07 de Maio de 2018, 10h49
  • Última atualização em Segunda, 07 de Maio de 2018, 10h51
  • Acessos: 951
imagem sem descrição.

A brincadeira de boi de máscara, mais importante expressão popular do município de São Caetano de Odivelas, no nordeste paraense, é tema da exposição de abertura da Galeria Benedito Nunes, espaço que foi inaugurado na última quinta-feira (3).

A exposição “O Boi que brinca: a mascarada de São Caetano de Odivelas” pode ser visitada até o dia 30 de maio, de 9h as 18h. A entrada é franca. A Galeria fica no subsolo do prédio-sede da Fundação Cultural do Pará (FCP).

Segundo Eliane Moura, técnica em gestão cultural da FCP, um dos principais objetivos dessa galeria é trazer para Belém um pouco das manifestações culturais do interior do Estado. “Uma das propostas da galeria é ir ao interior, fazer essa seleção e trazer para Belém os principais elementos, que foi o que fizemos em São Caetano”, conta.

A equipe da FCP visitou todos os currais dos bois, conversou com vários mestres e observou nesse passeio que existiam vários elementos que faziam parte de todo o enredo, mas também existiam as peculiaridades. “Tentamos trazer um pouco de cada grupo para que tudo estivesse representado aqui”, conclui Eliane Moura.

“Boi que Brinca” - “O protagonismo do boi nas festas populares tem origem nos mitos de colheita ligados ao ciclo das estações, sendo sagrado no Egito e na Índia. Contudo, sua presença em contextos religiosos geralmente o conduz ao sacrifício – o que permanece como um traço reminiscente no enredo lendário de Catirina e Pai Francisco, presente em grande parte das manifestações brasileiras, onde o boi ainda precisa passar pelo ritual cristão de morte/ressurreição”, explica Renato Torres, técnico em gestão cultural da FCP.

De acordo com André Parente, estagiário do curso de Artes Visuais que trabalha na Galeria, a equipe do espaço está de braços abertos para receber o público. “Podem vir, pois nessa exposição o público pode se sentir na ‘Brincadeira do Boi’ e conhecer os personagens dessa manifestação cultural: o boi, o cabeçudo, o pierrô e o buchudo. E também ter a oportunidade de conhecer uma cultura do seu estado na sua cidade”, convida o servidor.

Serviço: A exposição “O Boi que brinca: a mascarada de São Caetano de Odivelas” é aberta ao público no horário de 9h as 18h, na Galeria Benedito Nunes, que fica no edifício sede da FCP, com entrada pela avenida Conselheiro Furtado. Entrada franca.

registrado em:
Fim do conteúdo da página