Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Poesias, histórias e cordéis integram programação cultural da FCP em Icoaraci
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Poesias, histórias e cordéis integram programação cultural da FCP em Icoaraci

  • Publicado: Quarta, 23 de Agosto de 2017, 16h33
  • Última atualização em Quarta, 23 de Agosto de 2017, 16h33
  • Acessos: 203
imagem sem descrição.

“A Noite é uma palavra” é o nome do sarau lítero cultural promovido pela Fundação Cultural do Pará que nesta sexta-feira, 25 de agosto,a partir das 16h, chega à Vila Sorriso de Icoaraci, distrito de Belém.

A programação gratuita terá como atrações os poetas e cordelistas, entre eles estão: Cláudio Cardoso, Apolo de Caratateua, Evanildo Mercês, Diego Amador, Francisco Mendes, Hugo Caetano, Hugo Chagas, Mário Zumba e Norma Teixeira. Participam também os contadores de histórias, Mauricio Delaroche, Janete Miranda e Inaiá Siqueira.

O objetivo do evento é aproximar os moradores de Icoaraci com literatura e poesias de autores paraenses. A programação se dividirá em dois momentos, com início às 16h, na Biblioteca Pública Avertano Rocha, com “A Tarde é uma História” que vai contar com contação de histórias e apresentações de alunos de escola públicas do distrito.

O segundo momento será na Concha Acústica, na Orla de Icoaraci onde é realizada, enfim o sarau literário com o encerramento por conta do grupo musical Clave do Carimbó

Tanto o espaço da Biblioteca Avertano Rocha e a Concha Acústica receberão uma exposição de cordéis organizados pelo o grupo de Cordelistas da Amazônia, um dos integrantes, Claudio Cardoso já participou dos sarais anteriores, mas com poesias, mas dessa vez apresentará os charmosos cordéis, literatura nordestina, que possui vários admiradores pelo país. “O movimento do cordel está crescendo na nossa região, e a ideia é essa, que ele seja mais aceito, é incluí-lo na escola, ele é também um instrumento pedagógico forte.”

História – A programação do sarau “A noite é uma palavra” iniciou com apresentações no Teatro Experimental Waldemar Henrique, mas desde do ano passado, por iniciativa da organização do evento, o Sarau é realizado nas praças de Belém. Os bairros do Guamá e da Marambaia foram beneficiados por esta ação da Diretoria de Leitura e Informação da FCP.

A  técnica em gestão cultural e organizadora do evento, Denise Franco, explica o motivo de Icoaraci ter sido escolhida para receber o projeto “Nossa missão é promover a leitura, e levando poesias e literatura aos bairros fica mais fácil essa aproximação. Nosso objetivo é visitar todos os bairros. E em uma reunião com alguns parceiros, Sismube,  Biblioteca Avertano Rocha, O Movimento de Contadores de Histórias, os escritores e os Cordelistas da Amazônia,  por uma sugestão do grupo, Icoaraci foi escolhida”

Serviço:

25/08

“A Tarde é uma História” – 16h – Biblioteca Pública Avertano Rocha.

Sarau a “Noite é uma Palavra” - 19h – Concha Acústica, Orla de Icoaraci.

O sarau “A noite é uma palavra” era realizado no Teatro Waldemar Henrique, e desde o final de 2016, através da iniciativa Diretoria de Leitura e Informação(DLI) que resolveu levar o evento para as praças dos bairros de Belém. Guamá e Marambaia já foram beneficiados pelo o projeto.

registrado em:
Fim do conteúdo da página