Ir direto para menu de acessibilidade.


Página inicial > Notícias > Obras Raras da Biblioteca Arthur Vianna podem ser acessadas pela internet
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Obras Raras da Biblioteca Arthur Vianna podem ser acessadas pela internet

  • Publicado: Segunda, 24 de Outubro de 2016, 13h18
  • Última atualização em Segunda, 24 de Outubro de 2016, 15h22
  • Acessos: 594
imagem sem descrição.

Você já imaginou ler o jornal “O Paraense” de 1822 em pleno século 21? É possível sim, porque a Biblioteca Arthur Vianna da Fundação Cultural do Pará dispõe de mais de 400 publicações entre livros, revistas e jornais que estão sendo disponibilizados para acesso gratuito na internet, na página oficial da FCP pelo www.fcp.pa.gov.br 

 

Segundo o bibliotecário Elson Andrey, o projeto começou em 2011 com a intenção de digitalizar as obras raras da biblioteca. “Hoje já temos um acervo significativo no portal oficial da FCP”, comemora. 

 

A diretora de Leitura e Informação da FCP, Giselle Arouck, afirma que essa nova ferramenta veio em decorrência da demanda dos usuários a determinados periódicos e livros. “Vamos fazer a microfilmagem e digitalizar as obras raras. Mais de 400 obras estão disponíveis na internet, entre jornais, revistas e livros, por exemplo, uma revista muito acessada é A Semana, que nós temos digitalizadas de 1919 a 1945” observa.

 

Giselle Arouck acrescenta que Biblioteca Arthur Vianna tem o maior acervo de jornais do Norte. “Tem jornais a partir de 1822, estamos caminhando para digitalizar todos os jornais, para dá acesso a qualquer pessoa do globo para acessar os jornais pela internet”.

 

Reforma – Ainda que a Biblioteca Arthur Vianna esteja passando por reforma no terceiro andar do prédio, o acervo de Obras Raras está disponível para consulta pela rede mundial de computadores. O internauta pode pesquisar as Obras Raras da Biblioteca Arthur Vianna no  www.fcp.pa.gov.br

 

A seção de Obras Raras da Biblioteca Pública Arthur Vianna, consciente do seu papel na formação e desenvolvimento do espírito científico, trabalha com a informação, apoiando às atividades de ensino, pesquisa e extensão. A seção possui obras de reconhecido valor histórico dos séculos XVII, XVIII, XIX e XX.

As referidas obras fazem parte da formação da Biblioteca Pública, compõem-se em sua maioria de coleção de particulares como Lauro Sodré, Amazonas de Figueiredo, Magalhães Barata, Olavo Nunes entre outros.

O Projeto "Obras Raras e Antigas - Acervo Digital" tem como principal objetivo oferecer ferramentas de consulta on-line do Acervo de Obras Raras, proporcionando a salvaguarda e a integridade da obra original.

registrado em:
Fim do conteúdo da página