Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade


destaque

Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Circuito das Artes começa nesta terça em São Miguel do Guamá

  • Publicado: Segunda, 04 de Outubro de 2021, 18h40
  • Última atualização em Segunda, 04 de Outubro de 2021, 18h40
  • Acessos: 636
imagem sem descrição.

O Circuito das Artes, projeto do Governo do Estado por meio da Fundação Cultural do Pará, estreia nesta terça-feira (5) em São Miguel do Guamá, no campus da Universidade Estadual do Pará (UEPA). A programação é gratuita e ocorre até o dia 8, levando ações integradas de fomento, difusão, formação e experimentação artística ao município e região.

A primeira edição do evento será dividida em três etapas. Na terça (5), ocorre a abertura do programa, com mesas de debate sobre temas transversais – ou seja, de interesse de todos os participantes. As discussões serão quatro: “O desafio dos Sistemas Municipais de Cultura”, “Agenda 2030 da ONU - Arte e Cultura como pilares do desenvolvimento”, “Arte e Inclusão – O impacto das artes na percepção de mundo para as pessoas com deficiência” e “Financiamento da Cultura e seus Instrumentos de Gestão: Mecenato (Lei Semear), Lei de Emergência Cultural (Aldir Blanc e Paulo Gustavo)”. Já na quarta (6), painéis serão abertos para a discussão de temas específicos, voltados para os segmentos de atuação do projeto. Além disso, também serão realizados, no mesmo dia, três encontros integrados ao Circuito – o Encontro de Escritores Paraenses, também na UEPA; o Círculo de Leitura nas Escolas, na Escola Irmã Carla Gessianne; e o Fórum de Gestores, na Escola Estadual Padre Leandro Pinheiro. Por fim, nos dias 7 e 8 de outubro, ocorre a etapa de qualificação, com diversas workshops de capacitação para os participantes. Ao final de cada dia, uma programação cultural com atrações das cidades vizinhas encerra as atividades, dessa vez na Praça Licurgo Peixoto, em frente à prefeitura.

A programação completa está disponível aqui

 

O projeto

O Circuito das Artes integra todas as diretorias finalísticas da Fundação para levar múltiplas ações voltadas para a arte, a cultura e a economia criativa às cidades paraenses. O objetivo é não só mapear e valorizar a diversidade dos municípios nos seus saberes e fazeres, mas também promover o acesso aos bens culturais e o diálogo como forma de valorizar o conhecimento de artistas, educadores e fazedores de cultura do estado. Além destes, o atendimento também alcançará adolescentes alunos de escolas públicas, artesãos e comunidades rurais que residam nas regiões de integração atendidas pelo programa.

Após o ponto de partida em São Miguel do Guamá, a próxima parada do Circuito das Artes será nos municípios de Castanhal, São Caetano de Odivelas e Ourém, no período de 13 a 15 de outubro. As três cidades receberão simultaneamente uma programação de qualificação, envolvendo workshops e oficinas. Para definir os serviços oferecidos em cada região, a Fundação realizou levantamentos técnicos a partir da realidade e necessidade local – planejando a realização junto às secretarias de cultura dos municípios e associações culturais, com foco no atendimento qualitativo a partir do diálogo e do mapeamento do público atendido.

registrado em:
Fim do conteúdo da página