Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cine Líbero Luxardo exibe clássico de 1976

  • Publicado: Sexta, 22 de Março de 2019, 13h10
  • Última atualização em Sexta, 22 de Março de 2019, 13h10
  • Acessos: 187
imagem sem descrição.

A Sessão Maldita Cineclube, em parceria com Aerton Martins, Fabia Martins, Cauby Monteiro e com a Associação Paraense de Jovens Críticos de Cinema (APJC), traz este mês o filme “A Marquesa d’O”, de Eric Rohmer. O filme tem classificação indicativa de 12 anos e será exibido em sessão legendada nesta segunda-feira (25), às 18h, no Cine Líbero Luxardo, com debate após a exibição. A entrada é franca.

Na história, a Marquesa d'O (Edith Clever) é uma viúva cujo pai (Peter Lühr) comanda uma praça de guerra na Lombardia. Após a praça ser tomada pelos russos, os soldados se preparam para violentar a marquesa. Até que um tenente-coronel russo, o Conde F. (Bruno Ganz), a salva e a leva para uma ala do castelo que ainda não havia sido incendiada. É lá que o conde revela suas verdadeiras intenções com a marquesa.

O longa recebeu o prêmio especial do júri no Festival de Cannes de 1976 e chegou a concorrer à Palma de Ouro. O roteiro é baseado na obra do escritor alemão Henrich Von Kleist, que morreu em 1811.

Éric Rohmer, nascido Jean-Marie Maurice Schérer, foi um cineasta, crítico de cinema, roteirista e professor francês que faleceu em 11 de janeiro de 2010, em Paris, aos 89 anos. O cineasta assinou diversos longas-metragens, entre eles "O Joelho de Claire", "O Raio Verde", e "A Marquesa d'O".

Sessão Maldita Cineclube

A Marquesa d'O (Die Marquise Von O | 1976 | Alemanha Ocidental, França | Eric Rohmer | Drama | 107 min. | 12 anos | Legendado)

Local: Cine Líbero Luxardo (Av. Gentil Bittencourt, 650- andar térreo do Centur)

Data: 25 de março (segunda-feira)

Hora: 18h

Entrada gratuita

registrado em:
Fim do conteúdo da página