Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Documentário sobre a tardia abolição da escravidão no Brasil tem estreia no Líbero Luxardo

  • Publicado: Sexta, 14 de Dezembro de 2018, 13h37
  • Última atualização em Sexta, 14 de Dezembro de 2018, 13h38
  • Acessos: 332
imagem sem descrição.

“A Última Abolição”, dirigido por Alice Gomes, estreou nesta quinta-feira (13) nas sessões regulares do Cine Líbero Luxardo, da Fundação Cultural do Pará (FCP). As exibições também acontecem nos dias 14, 15, 18 e 19, sempre às 16h.

Sinopse: uma retrospectiva detalhada de um momento emblemático da história do Brasil, a abolição da escravidão, apresentado de outra perspectiva. Ao contrário do que foi pregado por livros didáticos e outras vertentes da história oficial por muito tempo, não foi meramente a assinatura da Princesa Isabel na Lei Áurea em 13 de maio de 1888 que libertou os escravos, e tampouco tal liberdade foi um presente ou um passo na direção da mitológica democracia racial.

Alice Gomes estreou na direção, além de assinar o roteiro do longa ao lado de Natara Ney. O documentário faz uma pesquisa abrangente e abarca dos primeiros movimentos abolicionistas no século XVIII às recentes políticas de ações afirmativas, passando por revoltas, lutas, greves, quilombos e líderes da própria população negra, chegando ao encarceramento e extermínio de jovens negros no país.

Sessão Regular

A Última Abolição (2018 | Brasil | Alice Gomes | Documentário | 85  min. | Livre)

Local: Cine Líbero Luxardo do Centur

Data: 13*, 14, 15, 18 e 19 de dezembro de 2018

Hora: 16h

Preço: Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

registrado em:
Fim do conteúdo da página