Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Início do conteúdo da página

Exposição 2 mercadores, de Samir Dams e Elson Sousa

Publicado: Quarta, 27 de Setembro de 2017, 15h39 | Última atualização em Terça, 28 de Novembro de 2017, 14h06 | Acessos: 794

2 mercadores - Samir Dams e Elson Sousa

 

doismercadores584584

 

2 Mercadores: duo de um plural universo cotidiano

São artistas que dialogam com a ecologia e com o entorno para conformar suas obras. São dois mercadores que transformam sua labuta em arte, que interpenetram as vísceras do comércio, do mercado, do atacado, do varejo, e farejam a plataforma de suas manifestações, infestadas de ruídos, de fraturas, de fissuras, de uma logística que não tem valia, a qual não se pesa em nenhuma balança tal se pesa um metal precioso ou mesmo a gema de uma joia qualquer.

Samir Dams e Elson Azevedo são os 2 Mercadores, os dois artífices de um olhar que tem local de fala, de uma voz que tem local de olhar, de um grito de pertença que tem local de gênese. Seus trabalhos são suas andanças, seus suportes não suportam aquilo que não se imiscui, suas mensagens são seus trajetos com os quais elaboram a arte da rua e a trazem para cá, para o deleite de quem não tem este local de facto, mas pode interconectar-se com os olhos de falar desses mercadores visuais, artistas do mercado, feirantes de galeria, atores de uma epopeia cotidiana chamada urgência de ver-se, visibilizar-se.

A exposição é um penetrar pelos vieses de Samir, através de um olhar de dentro, para dar vazão a um andarilhar flaneur pelas galerias, pelos corredores de barracas, pelos céus azuis ou chuvosos de um dia qualquer, de um ordinário ganha-pão, de um cotidiano arfar. Vai-se indo a convite destes olhos por entre entranhas da feira, das partituras de vozes que ecoam preços, descontos, descaminhos de aprender a fazer valer... vai-se indo até se chegar às ofertas do cartazista, autodeclaração de um artista que sabe o valor de tudo quanto não se pesa...

A exposição é um entroncamento de pluriformas, plurivozes, plurissignificados de um só mote: labutarte. Labutar-se ou lambuzar-se da arte que não tem preço de liquidação, mas liquida com os limites entre o que é, o que não é e o que vem a ser autenticidade.

 

 

site1 site2

site3

 

 

SERVIÇO:

EXPOSIÇÃO: 2 Mercadores, de Samir Dams e Elson Sousa

ABERTURA: 20 de julho de 2017, às 19h

VISITAS: de 20 de julho a 18 de agosto, de seg. a sex, das 9h ás 18h

Fim do conteúdo da página