Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cissa de Luna apresenta o show “Tambores de Rio” no Teatro Margarda Schivasappa

  • Publicado: Terça, 16 de Maio de 2017, 15h44
  • Última atualização em Terça, 16 de Maio de 2017, 15h44
  • Acessos: 384
imagem sem descrição.

Percussividade tradicional e contemporânea é a proposta do show “Tambores de Rio” da cantora Cissa de Luna, contemplado no edital Pauta Livre 2017 da Fundação Cultural do Pará (FCP). O show será apresentadoi no palco do Teatro Margarida Schivasappa do Centur, nesta quarta-feira (17), às 20h. Os ingressos à R$ 20,00 estão disponíveis na Loja NáFigueredo (Estação das Docas), e online com valor promocional pelo Sympla no endereço:https://goo.gl/sYGDXA.

A cantora Cissa de Luna apresentará no show “Tambores de Rio”, obras do compositor André Nascimento, com canções inéditas do artista, inspiradas nas encantarias, pajelanças e nos cultos religiosos de matrizes afro-ameríndias, que expressam uma poética simples e profunda em sua essência.

O compositor André Nascimento, idealizador do projeto, explica que o show surgiu do encontro dos dois artistas, um compositor e uma intérprete, irmanados por suas experiências de vida e de origem. “Lançamo-nos em um interlúdio musical entre o onírico e o telúrico, cujos rios desaguam nos tambores de sonoridade forte, fluente e pujante como a opulenta Amazônia. Cantamos o sagrado em sua dimensão ancestral e divina”, comenta.

Além disso, Cissa de Luna cantará cinco músicas de seu disco “Waldemar Caymmi – A Travessia das Águas”, lançado em 2014. Dentre as canções do repertório, estão “A lenda do Abaeté” e “A jangada voltou só”, do baiano Dorival Caymmi, e “A Vela que passou”, “Abaluaiê” e “Valsinha do Marajó”, do paraense Waldemar Henrique.

 Segundo a cantora Cissa de Luna, a questão do sagrado permeia não só o trabalho do compositor, como a sua própria trajetória. “São cinco músicas do meu álbum anterior que decidimos apresentar neste show, pois abordam a questão das águas, do sincretismo religioso, da força da natureza. E esse show surgiu quando André me convidou para interpretar as músicas dele”, diz a cantora.

A cantora explica que, o diálogo musical entre as obras de Caymmi e Waldemar surgiu a partir da simplicidade e da densidade reveladas nas canções desses compositores, sobretudo nas que tratam das águas. “Elas têm uma ressonância mítica de questões como o sagrado, o amor, a morte, o tempo, banhados pela opulência da natureza e das águas, que transcende os limites da Bahia e da Amazônia. É o encontro do rio com o mar”, explica.

Cissa de Luna, revela que, a expectativa para o show é a melhor possível, pois ela e toda a equipe estavam se dedicando com muita alegria a esse show. “Estamos muito felizes com o resultado dos ensaios e de cada etapa desse processo. As pessoas vão embarcando no nosso sonho e vai se tornando um sonho coletivo que vai se materializado cada vez mais. "Sonho que se sonha junto é realidade". Esperamos que as pessoas embarquem nesse rio, fluam e se divirtam junto conosco”, comemora.

A artista, acrescenta falando sobre a contemplação do espetáculo no Edital Pauta Livre da FCP. “Estamos também muito felizes por termos sido contemplados pelo Edital Seiva, que tem mostrado uma diversidade de estilos, gêneros e de pessoas da cena contemporânea e também as que já estão na estrada a algum tempo”, concluí a cantora.

Nascida em Salvador e criada no Rio de Janeiro, Cissa de Luna, desde a infância, teve contato com várias expressões artísticas na família. É cantora, professora de canto, arte-terapeuta e educadora somática. Também atua como preparadora vocal em gravações e espetáculos. Lançou em 2014 seu CD solo por ela idealizado, fruto de sua pesquisa das obras musicais de Dorival Caymmi e Waldemar Henrique. Seu CD foi pré-selecionado no Prêmio da Música Brasileira 2016 em três categorias: revelação, melhor álbum e melhor cantora de MPB.

Serviço

Show Tambores de Rio, com Cissa de Luna

17/05, às 20h

Teatro Margarida Schivasappa – Centur (Av. Gentil Bittencourt, 650, Nazaré)

Ingressos: R$ 20,00. Disponíveis na Loja NáFigueredo (Estação das Docas). Ingresso Promocional antecipado online pelo Sympla: https://goo.gl/sYGDXA

Informações: (91) 98726-4128 / 99806-2754

registrado em:
Fim do conteúdo da página