Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Página inicial > Fundação Cultural do Estado do Pará
Início do conteúdo da página

 
Fundação Cultural do Pará
Fundação Cultural do Estado do Pará

Terça, 28 de maio de 2019

Agenda alterada

A GALERIA THEODORO BRAGA APRESENTA

ConviteGTB

ELEMENTO TRANSITÓRIO

Bianca Levy

 

Ouvir o chamado da água, que não se contenta em permanecer estática, se espraiando em diferentes estados naturais e formatos, seja na vida ou na arte. 

 

 

SERVIÇO:

Coquetel de abertura: 10 de maio de 2019, ás 19h

Visitação: 10 de maio a 07 de junho de 2019, de segunda a sexta, das 08h ás 18h

Contatos e agendamentos de visita: 3202-4313 e 3202-4380

Local: Galeria Theodoro Braga
  • Início: 08h00
  • Fim: 18h00

CINE LÍBERO LUXARDO | SEMANA DO CINE AFRICANO E DA ÁFRICA QUE TEMOS DENTRO

 

Em comemoração ao Dia da África (25 de Maio), data que alude à criação da Organização da Unidade Africana, a Casa de Estudos Brasil-África, vinculada à Pró- Reitoria de Relações Internacionais da Universidade Federal do Pará, em parceria com a Aliança Francesa e a Fundação Cultural do Pará (CENTUR) realiza a jornada cinematográfica “Semana de cine africano e da África que temos dentro”.

Os filmes tratam diversos aspectos da realidade africana e das relações culturais entre os povos desse continente e o Brasil. Serão exibidos entre os dias 23 a 29 de maio, com exceção do dia 27, no Cine Líbero Luxardo (CENTUR) localizado na Av. Gentil Bittencourt Nº 650, Bairro de Batista Campos, no horário das 16 às 18 horas, entrada franca.

No dia 27 às 14:30 horas haverá uma mesa redonda no Auditório do IFCH intitula-se: “Reflexões sobre Africa e o colonialismo”, nclui 2 palestras:


1. Prof. Dionisio Baró (Faculdade de História e coordenador da CBA) "A dimensão internacional da luta pela independência dos povos africanos".


2. Prof. Raimundo Jorge: (Faculdade de Ciências Sociais) "África e o pensamento pós-colonial".

SERVIÇO:

28/05 - 16h

 

SALVATERRA, TERRA DE NEGRO


De Priscilla Brasil. Brasil, 2008, Documentário / 50'

 

 

 

 

A condição dos remanescentes de quilombos da amazônia é apresentada em salvaterra (ilha do marajó, pará). o dia-a-dia das comunidades, os conflitos de terra, a expectativa da demarcação, as ameaças dos fazendeiros e a luta para manter a cultura viva estão representados de uma forma poética neste documentário. um registro de 12 comunidades tradicionais amazônicas no século XXI.

 

 

CINE LÍBERO LUXARDO

FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DO PARÁ

Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré– Belém – PA | (91) 3202 4321

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 16h00
  • Fim: 18h00

CINE LÍBERO LUXARDO | SESSÕES REGULARES | O SILÊNCIO DOS OUTROS, DE ALMUDENA CARRACEDO E ROBERT BAHAR

SESSÕES REGULARES

O SILÊNCIO DOS OUTROS

EL SILENCIO DE OTROS| 2019 | Espanha | Almudena Carracedo,Robert Bahar | Documentário | 95’ | 14 anos | Leg.

 

 

 

Em 1977 o parlamento espanhol aprovou uma Lei de Anistia que garantia a liberdade de todos os presos políticos e a proibição do julgamento de qualquer ato criminoso ocorrido durante a ditadura de Francisco Franco no país. O Franquismo assombrou a Espanha durante 38 anos deixando um imenso número de vítimas e parentes sem respostas. Os cineastas Almudena Carracedo e Robert Bahar foram atrás desses sobreviventes e, durante um período de 6 anos, entrevistaram pessoas como José Galantes, que hoje em dia vive muito próximo de seu torturador, e Maria Martín, que até hoje não conseguiu ter acesso aos restos mortais de seu pai, morto durante o regime.

 

 

De 23 a 26, 28, 29 e 30/05 | 18h

INGRESSO: Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

 

LOTAÇÃO: 88 LUGARES

 

      CINE LÍBERO LUXARDO

FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DO PARÁ

Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré– Belém – PA | (91) 3202 4321

artes visuais

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 18h00
  • Fim: 20h00

CINE LÍBERO LUXARDO | SESSÕES REGULARES | CHUVA É CANTORIA NA ALDEIA DOS MORTOS, DE JOÃO SALAVIZA E RENÉE NADER MESSORA

SESSÕES REGULARES

CHUVA É CANTORIA NA ALDEIA DOS MORTOS

CHUVA É CANTORIA NA ALDEIA DOS MORTOS | 2018 | Brasil, Portugal | João Salaviza, Renée Nader Messora| Drama | 114’ | Livre | Leg.

 

 

 

Ihjãc é um jovem do povo Krahô, aldeia indígena localizada em Pedra Branca, no interior do Brasil. Depois de ser surpreendido pela visita do espírito de seu falecido pai, ele se sente na obrigação de organizar uma festa de fim de luto, comemoração tradicional da comunidade.

 

 

De 23 a 26, 28, 29 e 30/05 | 20h

INGRESSO: Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

 

LOTAÇÃO: 88 LUGARES

 

     CINE LÍBERO LUXARDO

FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DO PARÁ

Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré– Belém – PA | (91) 3202 4321

 

artes visuais

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 20h00
  • Fim: 22h00

Agenda

Busca de agenda

Faça buscas de agenda por palavras-chave

Fim do conteúdo da página