Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Página inicial > Fundação Cultural do Estado do Pará
Início do conteúdo da página

 
Fundação Cultural do Pará
Fundação Cultural do Estado do Pará

Terça, 10 de abril de 2018

Agenda alterada

Exposição Corpo-Máquina

corsite

CORPO-MÁQUINA

Gravuras de Jean Ribeiro

"(...) as gravuras de Jean Ribeiro revelam o íntimo, a parte interior do corpo humano, o lugar mais profundo de um ser, e como num ato de impressão que implica cumplicidade, o artista grava detalhes que ficam registrados na matriz para sempre." 

                                                                                                                                                                                                                      Glauce Santos

Periodo de visitação: de 15 de março a 13 de abril de 2018

de Segunda a sexta, das 9h às 18h.

Local: Galeria Theodoro Braga

Contatos:

Galeria Theodoro Braga

Fone: (91) 3202-4313

E-mail: galeriatheodorobraga@gmail.com

             gtb@fcp.pa.gov.br 

 

 

Local: Galeria Theodoro Braga
  • Dia todo

PROGRAMAÇÃO MENSAL DA DIRETORIA DE LEITURA E INFORMAÇÃO - MÊS DE ABRIL

abril 2018

  • Dia todo

Oficinas Curro Velho/ Casa da Linguagem - Março

oficinas currovelho 032018

Local: Oficinas Curro Velho - Rua Professor Nelson Ribeiro, 287 Casa da Linguagem, Avenida Nazaré, 31
  • Início: 08h30
  • Fim: 18h00

SESSÕES EXTRAS | COM AMOR, VAN GOGH, DE DOROTA KOBIELA E HUGH WELCHMAN

 

COM AMOR, VAN GOGH

LOVING VINCENT | 2016 | POL / UK | Dorota Kobiela, Hugh Welchman | Drama / Animação | COR | 95 min. | 12 anos  | Legendado

 

 

​​Um ano após o suicídio de Vincent Van Gogh, Armand Roulin (Douglas Booth) encontra uma carta por ele enviada ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Após conversar com o pai, carteiro que era amigo pessoal de Van Gogh, Armand é incentivado a entregar ele mesmo a correspondência. Desta forma, ele parte para a cidade francesa de Arles na esperança de encontrar algum contato com a família do pintor falecido. Lá, inicia uma investigação junto às pessoas que conheceram Van Gogh, no intuito de decifrar se ele realmente se matou.

 

03/04 | 20h

05, 06, 10 e 11 | 16h

 

Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

 

 

CINE LÍBERO LUXARDO 

FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DO PARÁ 
Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré– Belém – PA | (91) 3202 4321

Artes visuais

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 16h00
  • Fim: 18h00

ÓPERA NA TELA | LA BOHÈME, DE GIACOMO PUCCINI, COM DIREÇÃO DE ENRICO CASTIGLIONE

LA BOHÈME

LA BOHÈME | 2017 | ITA | Enrico Castiglione | Giacomo Puccini | Orquestra e Coro do Festival de Ópera de Taormina | Ópera/Musical | COR | 134 min. | 12 anos | Legendado

 

 

Mimi e Rodolfo, jovens refugiados vulneráveis a graves problemas, vivem com entusiasmo sua paixão no meio de seus companheiros de infortúnio. Essa nova produção transpõe a história original da famosa La Bohème para o Sul da Itália na época atual.

 

10/04 (terça-feira) | 18h

Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

Parceria: Bonfilm

 

 

CINE LÍBERO LUXARDO 

FUNDAÇÃO CULTURAL DO ESTADO DO PARÁ 
Av. Gentil Bittencourt, 650 – Nazaré– Belém – PA | (91) 3202 4321

Artes visuais

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 18h00
  • Fim: 21h00

O TEATRO MARGARIDA SCHIVAZAPPA APRESENTA

UMA POÉTICA Do Nosso Jeito

04.Abr.11.2018

A Fundação Cultural do Pará promove ações voltadas à crianças e adolescentes com o objetivo de desenvolver as capacidades de expressão e representação por meio de processo socioeducativo, tendo como instrumentos a arte e o ofício, na perspectiva de valores éticos e estéticos.  Atua com foco prioritariamente em alunos de escolas públicas e em toda comunidade, oportunizando oficinas e ações complementares gratuitas com o intuito de despertar a sensibilidade, estimular o potencial criativo, atentar para posturas didáticas e assim oportunizar a igualdade de materiais, a organização do trabalho e o justo acesso ao benefício público.

O Núcleo de Oficinas Curro Velho é um dos polos ligados a Fundação e destina-se a trabalhar as expressões plásticas e cênicas, quanto que o outro polo é a Casa da Linguagem, essa por sua vez, responsável especificamente ao trabalho com a palavra e a expressão oral. Esses dois polos têm por objetivo estratégico a valorização das diferenças humanas, culturais, regionais e a diminuição das diferenças sociais.

Pertencente ao polo das expressões plásticas e cênicas, o Projeto Do Nosso Jeito  surgiu em Março de 2015 com atuação na Fundação Cultural do Pará (FCP) sendo regida pela Coordenadoria de Linguagem Corporal das Oficinas Curro Velho tendo Jorge Cunha como Coordenador Geral. Este projeto que visa ofertar oficinas de dança direcionada as pessoas com deficiência, trabalha a expressão corporal na busca pelo desenvolvimento da habilidades artísticas diferenciadas. Neste projeto busca-se a potencialidade de cada aluno, acredita-se no talento dos mesmos e que a dança pode ser utilizada como um instrumento eficiente no processo de inclusão social.

Atualmente o projeto oferece duas oficinas as terças e quintas na Casa das artes: A primeira delas direcionada a pessoas com deficiência intelectual e a segunda a pessoas  com deficiência física, entretanto, apesar deste ser o maior foco do projeto, em ambas também participam pessoas consideradas típicas fazendo valer o conceito da inclusão.

Desta oficina regular que atende bailarinos usuários de cadeira de rodas, nasce a Companhia Do Nosso Jeito, uma companhia independente que hoje conta com o apoio da Fundação. Atualmente a companhia conta com seis casais que produzem e ensaiam na Casa das Artes. São bailarinos usuários de cadeira de rodas e bailarinos andantes que interagindo entre si desbravam limites diários, construindo um modo ímpar de produzir arte. Essa companhia vem participando de várias apresentações no estado e pelo Brasil a fora e este ano recebeu o convite de participar de um evento no México.

Vale ressaltar que o  Projeto Do Nosso Jeito não foca na reabilitação e sim na arte, mostrando a beleza das diferenças e os “deslimites” de uma dança para todos. A esse modo particular de produzir arte, consideramos nossa poética, que mesmo com tantas dificuldades trazidas pela falta de acessibilidade da sociedade e do meio, se desbrava pouco a pouco. DESAFIO, SUPERAÇÃO E AMOR é uma tríade importante para esta Cia. Que se alicerça em um objetivo único. E desta forma, diante a tanta hibridez e perseverança, compartilharemos hoje, através deste processo criativo um pouco de nós: nossas angústias, nossas superações, descobertas, vitórias e caminhos que nos fazem. Acreditem conosco e venham através da POÉTICA DO NOSSO JEITO compartilhar dos nossos sonhos e realidades.

Importante: A distribuição dos ingressos para pessoas com direito à gratuidade será no dia do evento a partir das 14h, na bilheteria do Teatro mediante comprovação do direito por meio de documentos.

- A venda na bilheteria do Teatro começa às 17h no dia do evento

Dia: 10 de abril de 2018.

Sessão: 19:30h

Classificação Indicativa: Livre

Valor do Ingresso: R$: 20,00 (Inteira)

R$10,00 (meia)

Local: TEATRO MARGARIDA SCHIVAZAPPA
  • Início: 19h30
  • Fim: 22h00

Agenda

Busca de agenda

Faça buscas de agenda por palavras-chave

Fim do conteúdo da página