Ir direto para menu de acessibilidade.

Opções de acessibilidade



Página inicial > Fundação Cultural do Estado do Pará
Início do conteúdo da página

 
Fundação Cultural do Pará
Fundação Cultural do Estado do Pará

Quarta, 23 de novembro de 2016

Agenda alterada

BLOCO DE OFICINAS - REGIÃO CARAJÁS

Programação Outubro 2016

  • Dia todo

Galeria Theodoro Braga apresenta: Mostra SEIVA, Resultado do Prêmio Expressões Artísticas 2016.

SEiva site

 

Mostra SEIVA

"O Prêmio Expressões Artísticas contemplou iniciativas produzidas
por realizadores individuais e coletivos iniciantes nas diferentes
vertentes de linguagens artísticas como Cênicas, Música e Artes
Visuais. A presente mostra destaca as obras em desenhos,
pinturas, técnica mista, fotografias, esculturas e design."

Mostra coletiva com os artistas: Alexandre Leonel, Areas Jr., Bárbara Miranda, Beny Ferreira, Coletivo Guayi, Elen Castro, Felipe Cruz, Francisco Sidou, Jonata Navegantes, Josy Nunes, Kennedy Ferreira, Léia Santos, Leoni Mindelo, Madalena D'o Felinto, Rafael da Luz, Robson dos Anjos, Sabrina Pantoja, Vivian Santa Brígida.

 

Serviço

Entrada gratuita.

Mais informações e agendamento de visitas:

E-mail: galeriatheodorobraga@gmail.com; tel: 3202-4313.

 
Local: FCP – Galeria Theodoro Braga Av. Gentil Bittencourt, 650(subsolo) – Nazaré - 66035-340 Belém-Pa
  • Início: 09h00
  • Fim: 18h00

CINE LÍBERO LUXARDO APRESENTA "AGNUS DEI ", DE ANNE FONTAINE, NAS SESSÕES REGULARES

AGNUS DEI 

Título original: LES INNOCENTES| Direção: Anne Fontaine | Roteiro: Alice Vial, Anne Fontaine, Pascal Bonitzer, Sabrina B. Karine  | Gênero: Drama | Ano: 2016 | País: França/Polônia | Elenco: Agata Buzek, Agata Kulesza, Anna Próchniak, Dorota Kuduk, Eliza Rycembel, Helena Sujecka, Joanna Fertacz, Joanna Kulig, Katarzyna Dabrowska, Klara Bielawka, Leon Latan-Paszek, Lou de Laâge, Mariusz Jakus, Mira Maluszinska, Pascal Elso, Thomas Coumans, Tomasz Sobczak, Vincent Macaigne, Zacharjasz Muszynski | Produção: Eric Altmayer, Nicolas Altmayer |  Fotografia: Caroline Champetier  | Montagem: Annette Dutertre | Trilha sonora: Grégoire Hetzel | Estúdio: Aeroplan Film / Mandarin Films / Mars Films | Distribuidora:  Mares Filmes  | Cor: Colorido | Duração: 100 min. | Formato: DCP | Classificação etária: 12 anos | Legendado

 

1453884983218 0570x0400 1453885086687

 

Sinopse:  Durante o inverno de 1945, na Polônia, Mathilde Beaulieu (Lou De Laâge), uma jovem estagiária, se voluntaria para trabalhar na Cruz Vermelha francesa. Juntamente com seus colegas de trabalho, Mathilde é encaminhada à campos de concentração alemães para tratar e repatriar sobreviventes franceses. Inesperadamente uma freira polonesa chega ao hospital implorando para que a jovem vá a seu convento. Mathilde vê sua vida e crença se transformarem após descobrirem as gestações avançadas de muitas das irmãs do convento.

 

14516430 1121846721184066 3455763139697408906 n

 

De 16 a 20/11 (de quarta-feira a domingo) | 20h 

De 23 a 27/11 (de quarta-feira a domingo) | 18h 

*Dia 16/11 | 20h – Projeto Plateia: Entrada franca para estudantes 

 

Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

 

Trailer

 

 

Realização: Governo do Estado do Pará

                     Fundação Cultural do Estado do Pará

                 

                 

___________________________

 

 

CINE LÍBERO LUXARDO

Fundação Cultural do Estado do Pará

Av. Gentil Bittencourt, 650, Nazaré, Belém, Pará

(91) 32024321 | cinelibero@gmail.com

 

 

Artes visuais

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 18h00
  • Fim: 21h40

CINE LÍBERO LUXARDO APRESENTA "MEU REI ", DE MAÏWENN, NAS SESSÕES REGULARES

MEU REI

Título original: MON ROI | Direção: Maïwenn | Roteiro: Etienne Comar, Maïwenn | Gênero: Romance | Ano: 2015 | País: FRA | Elenco:  Camille Cottin, Chrystèle Saint Louis Augustin, Djemel Barek, Emmanuelle Bercot, Félix Bossuet, Giovanni Pucci, Isild Le Besco, Laetitia Dosch, Lionnel Desruelles, Louis Garrel, Ludovic Berthillot, Michael Evans, Milagros Schmoll, Patrick Raynal, Paul Hamy, Romain Sandère, Slim El Hedli, Vincent Cassel, Vincent Nemeth, Yann Goven  | Produção: Alain Attal  | Fotografia: Claire Mathon  | Montagem: Simon Jacquet  | Trilha Sonora: Stephen Warbeck  | Estúdio: France 2 Cinéma / Les Productions du Trésor / StudioCanal  | Distribuidora: Mares Filmes | Cor: Colorido | Duração: 124 min.| Formato: DCP | Classificação etária: 12 anos | Legendado

 

MON ROI 36

 

Sinopse:  Depois de se ferir gravemente no joelho, Tony se muda para o sudoeste da França para realizar um longo tratamento capaz de ajudá-la a caminhar normalmente. Mas esta não é a sua maior dor: ela ainda amarga um relacionamento infeliz com Georgio, homem violento e possessivo com quem tem um filho. Aos poucos, Tony consegue se recompor e aprende a se defender.

 

14671174 1121847051184033 7996428140981049977 n

 

De 23 a 27/11 (de quarta-feira a domingo) | 20h 

De 30/11 a 04/12 (de quarta-feira a domingo) | 18h 

*Dia 23/11 | 20h – Projeto Plateia: Entrada franca para estudantes 

 

 

Inteira: R$ 12,00 | Meia: R$ 6,00

 

Trailer

 

Realização: Governo do Estado do Pará

                     Fundação Cultural do Estado do Pará

                 

                 

___________________________

 

CINE LÍBERO LUXARDO

Fundação Cultural do Estado do Pará

Av. Gentil Bittencourt, 650, Nazaré, Belém, Pará

(91) 32024321 | cinelibero@gmail.com

 

 

Artes visuais

Local: Cine Líbero Luxardo
  • Início: 18h00
  • Fim: 21h40

O Teatro Margarida Schivasappa, apresenta

Música na Estrada – Música e outras artes conectando Pessoas

Corpo de Dança do Amazonas. Abertura: Companhia Moderno de Dança.

 

11.Nov.23.16

 

O Corpo de Dança do Amazonas (CDA) foi criado em 1998 pelo Governo do Estado do Amazonas, através da Secretaria de Cultura, para compor os Corpos Artísticos do Teatro Amazonas. A companhia mantém desde então uma programação artística com repertório diverso, tendo como objetivo apresentar a variada cultura local por meio da pluralidade da dança contemporânea. Para isso tem realizado criações com a colaboração de artistas convidados do Brasil e do exterior.

O CDA é referência em dança contemporânea no estado. Atualmente, o grupo está entre as grandes companhias de dança do Brasil, pela qualidade técnica e artística que sempre apresenta em seus trabalhos. Em seu repertório o grupo contém mais de 50 obras de diversos coreógrafos brasileiros e estrangeiros.

Através de suas ações visa a difusão da dança contemporânea, o aprimoramento técnico e artístico, a pesquisa, o desenvolvimento de projetos artístico-culturais e a formação de um público crítico, que receba em cada apresentação a qualidade, a energia e a paixão que a companhia tem no seu jeito de dançar.

Programa

“A Sagração da Primavera” (2013), de Adriana Góes e André Duarte

Duração 36 min

É uma obra que retrata a visão fugaz de um ritual pagão eslavo no qual uma jovem dança até a morte, como oferta ao Deus da Primavera. Com música de Igor Stravinsky, Sagração foi concebida originalmente por Vaslav Nijinsky para a companhia Ballets Russes, do empresário Sergei Diaghilev e, tanto música como coreografia, revolucionaram a arte desde então.
Os coreógrafos Adriana Góes e André Duarte retiram a obra do seu contexto inicial e fazem uma releitura imersa na cultura indígena: a sagração se passa no Ritual da Moça Nova, cultura característica da tribo Tikuna, onde uma jovem índia, ao menstruar pela primeira vez, é retirada do convívio social e no período de reclusão a menina moça, Worecü, dedica-se a trabalhos manuais intimamente ligados às mulheres.
Worecü passa por rituais onde lhe arrancam os cabelos e amarram seus membros, a fim de simbolizar a morte do corpo infantil e nascimento do corpo adulto. Os índios são responsáveis pela confecção do local de reclusão e de alguns adereços usados pela moça nova.
Munidos desses elementos, os coreógrafos ambientam A Sagração da Primavera sob o ponto de vista de Worecü. Ao mesmo tempo em que receia a solidão e a violência contra seu corpo, ela anseia por esse momento importante da sua vida: a passagem para a vida adulta.

Importante: A distribuição dos ingressos para pessoas com direito à gratuidade será no dia do evento a partir das 14h, na bilheteria do Teatro.

Dia: 21 de novembro de 2016.

Sessão: 20:00h

Classificação Indicativa: Livre

Valor do Ingresso: Entrada franca (Distribuição na bilheteria do Teatro no dia do evento, a partir das 17h)

Local: Teatro Margarida Schivasappa
  • Início: 20h00
  • Fim: 22h00

Agenda

Busca de agenda

Faça buscas de agenda por palavras-chave

Fim do conteúdo da página